Video: Chris no 106 & Park

Ontem o Chris Brown esteve no programa da BET, " 106 & Park " com o Idris Elba a promoverem o filme " Takers " que...

Ontem o Chris Brown esteve no programa da BET, "106 & Park" com o Idris Elba a promoverem o filme "Takers" que estreia daqui a dois dias nos Estados Unidos.

Vejam agora o video:






Sobre a colaboração com Tyga em "Fan of a Fan":
Eu sempre fui um fã da Young Money e encontrei o Tyga várias vezes em LA (Los Angeles) e eu já tinha lançado a minha mixtape "In My Zone", por que não fazer uma em conjunto.

A minha tatuagem favorita é a mais recente "FAME" (Forgiving All My Enemies/Perdoar todos os meus inimigos).

Momentos que mais o marcaram ao ver uma celebridade:
Quando eu tinha 14 anos estava no estúdio e conheci o R. Kelly.
O segundo foi Michael Jackson, eu tinha 17 anos, foi óptimo.

Uma das perguntas da Team Breezy foi quando o CB iria lançar o vídeo Matrix:
Eu estava na minha label e mostrei-lhes a versão final ... estou à espera que o filme seja lançado, e só depois vou lançar o video, dura cerca de 5 minutos, é uma espécie de mini-filme para os fãs ... é algo diferente.

Terrence, apresentador do programa, perguntou qual a diferença de um fã dedicado e de um fã obcecado:
Acho que todos os fãs são os mesmos, eu amo-os na mesma, não importa que tipo de fã são. Eles gostam de mim, eu também os aprecio a 100%

(Depois de entrar o Idris Elba)

Como foi trabalhar no filme:
Chris: Sim foi divertido estavamos sempre a contar piadas, não vamos dizer as piadas porque são privadas..
Idris: Mas eu ganhava sempre...
Chris: Claro ... claro ...

Terrence: Há uma parte em que se têm de chatear...
Chris: Sim, sim... Essa é a parte divertida porque a maior parte foi improvisada e ele começa a chatear-se comigo e eu em vez de actuar desatei a rir-me.

Rocsi: Houve alguma coisa que aprendeste com o Idris, e houve alguma coisa que tu Idris aprendeste com o Chris?
Chris: Nós já trabalhamos juntos no filme "This Christmas" e tinhamos de ter uma quimica e estar com ele, ver a sua energia, como ele se aproxima das cenas, foi óptimo.
Idris: Chris é um trabalhador e um verdadeiro artista, mesmo depois 12 horas de filmagem ainda tinha energia, eu admiro isso.

Sobre a digressão com o Usher:
No início nós falamos sobre isso ... mas talvez no futuro ... Agora vai ser só o Chris Breezy.

Na homenagem ao Michael Jackson:
Sinceramente a minha cabeça estava cheia de várias emoções... muitas pessoas não sabem é que eu ia ver o Michael Jackson no dia que ele morreu estava a caminho do Staples Center para o ver. Estar no palco, eu tentei tirar o máximo proveito de seus movimentos, dar o meu melhor desempenho possível e quando eu ouvi "Man In The Mirror", as palavras da canção falava de mim, da minha vida pessoal. e tocou-me e não foi falso, eu sei que as pessoas têm posto mais coisas em cima... mas foi tudo sincero, foi a minha desculpa final, sem dúvida.

Vê mais

6 comentários

Flickr Images