REVIEW: "Fortune" de Chris Brown

Chega ao mundo um artista promissor com o álbum Chris Brown ! Conquista todos com um Exclusive , numa dança surpreendente, tropeça e surge...

Chega ao mundo um artista promissor com o álbum Chris Brown! Conquista todos com um Exclusive, numa dança surpreendente, tropeça e surge um erro quase fatal que foi alvo de julgamentos do público! Mas foi a chorar em palco e a transmitir o seu sofrimento atroz e a arte do seu coração que pinta um Graffiti e que, apesar de boicotado, deixou a pensar os mais duros, tornando-os mais moles. O positivismo e a fama voltam a surgir com F.A.M.E. e com uma mão cheia apresentamos a 5ª estrela... FORTUNE.



É o último álbum de Chris Brown numa série de cinco. Fortune sucede a F.A.M.E. e já brilha pelo mundo! A nossa estrela afirmou que este seria um álbum mais R&B, e quando ele afirma e promete... cumpre. A humildade de Brown, assim como o seu enorme potencial, não o prenderam no fundo. É numa edição standard e deluxe que ele brinde os fãs depois de trabalho árduo na pintura, na representação, na dança e na música. Esta quinta obra surge depois de dezenas de músicas gratuitas/oferecidas, cinco videoclipes para o álbum, e prémios ganhos e dedicados... aos fãs.

Abrimos o álbum e entramos dentro dele imediatamente com o grande sucesso "Turn Up The Music". Chris Brown tem sido um nome que circula pelas pistas de dança, e parece que ele não quer parar! Preparem-se para tirar os pés do chão mais uma vez, colocar as mãos no ar, e sentirem a energia da música!
É, também, sem descanso e com força que "Bassline" promete meter qualquer espaço a tremer; inclusive as paredes, que poderão cair...!
Agora damos as boas vindas ao seu amigo Big Sean e Wiz Khalifa! Ao pé destes dois, "Till I Die" só podia dar numa descontracção total e o vídeoclipe é prova disso, cheio de humor! Mas aproveitem agora para relaxarem, porque as bocas vêm aí! E isto ao sairmos do terceiro tema para entrarmos no quarto... É no quarto que encontramos um quarto de memórias. Chris Brown volta a visitar a sua casa e a entrar numa divisão do passado. Um quarto cheio de pó, uma luz acesa, paredes de emoções e dores passadas e marcadas que hoje merecem da sua parte uma reflexão e uns versos à sua ex-namorada que tem vindo a atacar a sua actual namorada e que, convencida, não o tem largado! Isso tem sido visível, menos para alguém... O amor é uma miragem em "Mirage", sabias R...? Entretanto, o grande rapper NAS é mais um amigo que entra no quarto para tirar de lá Chris Brown e é o último... a fechar a porta.
Não vamos julgar, e assim pede a nossa estrela com "Don't Judge Me". Vocês chegaram finalmente à música mais elogiada deste álbum. É impossível não o ouvir com atenção. São 4 minutos, apenas 4 minutos de olhos fechados, e ele promete mergulhar-vos numa melodia e letra absolutamente profundas! São lágrimas, num fundo do mar. Sintam...
O álbum caminha para o R&B. Estamos em "2012" e podem mesmo relaxar... não será o fim do mundo. Os bpm's são reduzidos e Chris Brown cria o ambiente perfeito para uma noite perfeita. We can go longer if you just lay down, lay down...
"Biggest Fan" esta é vossa! Nós somos fãs dele, é certo, mas ele sempre afirmou que era nosso fã! E ele reafirma-o aqui neste que foi um tema produzido pelos conhecidos The Runners. Esta música é para cantar com ele, apenas!
Estamos quase a meio do álbum, e o mais puro R&B vem aí. Para os verdadeiros amantes deste estilo musical, vocês irão considerar esta metade como a melhor desta obra de arte. "Sweet Love" é mais uma dose de energia para uma noite bem acompanhada. E quem foi que não gostou de "Sweet Love"? E quem é que não gostou do tema "Strip"? Porque este é o número 9 na lista do álbum de Brown. E o grande Kevin McCall está no fundo do salão para animar ainda mais o ambiente. Já conhecem certamente, e se não, vão adorar!
O amor tem andado no ar, e para além desta linda melodia... "There's something about you baby, And this way that it drives me crazy, I'm stuck on you baby, stuck on you baby, And i might need help, cuz i can't think of nothing else, You got me stuck on stupid, stuck on stupid for you". Já ouviram "Stuck On Stupid"? É de facto linda!
Contenham as lágrimas... vão precisar. "4 Years Old" é provavelmente a música mais melancólica deste álbum. E se Chris Brown nos fazia sempre chorar com "So Cold", ele não promete deixar-vos mais animados com este tema. Por vezes, chorar faz bem... e a nossa estrela aprendeu a fazê-lo... não precisamos de dizer que é um tema com uma letra que nos deixa a pensar, a navegar, e quiçá... naufragar. Um tema produzido pelo famoso e incrível Polow da Don e Tommy Hitz.
E se nós somos considerados os melhores fãs do mundo, pelo terceiro ano consecutivo, se nós lhe demos sempre as mãos, ele também promete não vos deixar no fundo do oceano. "Party Hard" vem logo a seguir. Ele chama a atenção, e no refrão estende a mão forte e seguro sem permitir que continuem no fundo com as restantes músicas que se preparam para encerrar este grande álbum. Esta música é, também, das melhores deste álbum. "Cadillac" está logo à espera. Um interlúdio que sucede ao tema anterior, e que conta com a participação de Sevyn. Corte no instrumental, bastam as vozes.
Termina a noite, e Benny Benassi produz este tema estrondoso. "Don't Wake Me Up" tem um videoclipe à altura da música. Chris Brown vai ser claro na mensagem, e sempre é, quando o amor se confronta entre o sonho e a realidade.
Sabrina Antoinette entra depois em "Trumpet Lights" e vocês vão bater com a mão na mesa. Já vão perceber porquê. As trompetes começam a soar e anunciam o fim do álbum...
Termina a versão standard de "Fortune", começa agora a versão deluxe. E começa bem com "Tell Somebody", o 15º tema com um refrão fácil de se memorizar. Avançamos para "Free Run" que segue a mesma onda da faixa anterior. Chris Brown corre no seu estado mais calmo dentro do R&B. Ele não quer perder quem lhe tirou da escuridão. É no medo, mas decidido, carinhoso e amoroso, que ele abraça quem lhe deu a mão.
Está na hora de relembrar o seu nome, quem é ele, e para isso, ele conta outra vez com a participação de Sevyn. "Remember My Name" é o poeta existente em Chris Brown a falar mais alto. É um R&B com um cheirinho a Dubstep.
Quem não se lembra de "Wait For You"? É o transpirar de poesia e charme! É um espera entre um não espera, é um ficar e um avançar. Esta música é simplesmente positiva, com ritmo, carregada de amor mas charme... charme será a palavra mais perfeita para descrevê-la.
Sevyn deixou Chris Brown por uns minutos, mas volta agora em "Touch Me", o último tema deste álbum, versão deluxe. Entre calma, amor e desejos, a nossa estrela despede-se deste que é o seu 5º álbum!

E dito isto, da-mos nota mais que positiva no geral, e nota máxima para um álbum R&B. Analistas que não ouviram Chris Brown afirmar antes do lançamento de "Fortune" que este seria um álbum mais R&B, poderam estranhar e feito uma avaliação menos correcta. Os que estiveram atentos e se preparam para avaliar um álbum de facto R&B, certamente levem a mesma opinião que nós... este é um álbum que recomendamos vivamente!
Os portugueses não se podem queixar, estão com sorte até. Para além de ter saído um dia mais cedo, o álbum está mais barato que o seu anterior nas lojas FNAC. E a versão Deluxe, com mais 5 temas e uma capa 3D, custa apenas mais 2 euros (ficando assim a 14,99 sem contar com o cartão de descontos FNAC (e não 17,90 como anunciado por nós anteriormente)). Ou seja, a FNAC já faz um desconto, e o álbum está portanto absolutamente mais acessível nestes tempos de crise.
Temas do álbum "Fortune" têm vindo a atingir o top das tabelas no iTunes, na grande maioria dos países. Em Inglaterra é o 1º álbum de Chris a atingir o 1º lugar. Entretanto, países como EUA, Brasil, Alemanha, Holanda (só para citar alguns) já colocaram o novo álbum de Chris Brown no 1º lugar!
Mais uma prova que vale a pena comprar!
Relembramos que Chris Brown tem oferecido a todos os fãs músicas quase todas as semanas! Um dos muitos motivos que torna o motivo principal num grande motivo...! "Fortune" nas lojas, já à venda! Go get it. Garantimos que não se vão arrepender!

Vê mais

7 comentários

Flickr Images