Rihanna sobre Chris Brown - "Eu perdi o meu melhor amigo"

Vai ser um choque, mas irá merecer uma especial atenção e racionabilidade . Num conhecido programa americano - "Oprah's Next Cha...

Vai ser um choque, mas irá merecer uma especial atenção e racionabilidade.
Num conhecido programa americano - "Oprah's Next Chapter" - em que Oprah, entrevista celebridades nas casas das mesmas, chegou a vez de Rihanna. E após 4 anos e num profundo momento de lágrimas, sobre Chris Brown, Rihanna afirmou "Eu perdi o meu melhor amigo.".
É verdadeiramente triste... Um primeiro amor deixa sempre marcas, marcas bem profundas. E quanto mais puro e vivo for... pior será se ele terminar. Não será de estranhar a afirmação dela, e não será de estranhar as lágrimas.
A ex-namorada de Brown, apesar de ter conseguido arranjar outro(s) "amor(es)" pouco mais tarde, também chegou a dizer na entrevista que sentiu - no fim da relação com Chris - um misto de emoções "Eu senti-me ressentida e acabei por me tornar amagurada.".
Quem é fã dela ou apenas dele ou mesmo dos dois, tem uma noção daquilo que eles têm passado e que eles viveram por mais que tentam esconder as lágrimas. E se Rihanna perdeu o seu melhor amigo, também nós, ao perdermos um primeiro e forte amor conseguimos afirmar que perdemos o nosso melhor amigo/a, o nosso grande irmão/irmã. A dor persiste, a dor torna-se banal. E nesse ponto, mesmo perante o nosso silêncio por vezes... sempre respeitamos Rihanna e continuaremos; porque não se pode julgar corações, muito menos de jovens! Porque não se deve desrespeitar a dor de uma pessoa. Chris Brown terá também, certamente, perdido a sua melhor amiga, a sua irmã, o seu coração. Em ambos os casos ou em casos similares, é preciso voltar a encontrar o nosso interior, a nossa pessoa. Porque a outra pessoa que conhecemos e que amamos, foi como se tivesse morrido, desaparecido das nossas vidas, e fica um pesar. Neste caso, a perda deveu-se principalmente à "ajuda" dos media, ao julgamento precoce de várias pessoas, à pressão, à irracionalidade, e a caminhos que ambos decidiram trilhar mais tarde. Ainda assim, nada suficientemente mais forte que o amor, que os podesse impedir de fazer isto. Encerrando este triste tema...
Um silêncio, e um merecido respeito...


Follow me on Twitter: @WeegeeWorld

Vê mais

3 comentários

Flickr Images