A Evolução de Chris Brown - entrevista

Chris Brown deu recentemente uma entrevista à Music Choice , onde celebrou os seus 10 anos de carreira!! Recordou os seus melhores e piore...

Chris Brown deu recentemente uma entrevista à Music Choice, onde celebrou os seus 10 anos de carreira!! Recordou os seus melhores e piores momentos, deu conselhos a novos artistas. e claro que não podia deixar de falar dos melhores fãs do mundo! Vê e lê aqui a entrevista (traduzida) que vai mesmo valer a pena! Vais ter aqui, apenas mais uma prova do quão humilde o Chris é e do quanto ele cresceu perante os nossos olhos ao longo destes 10 anos:





[Se um artista tem a oportunidade de durar neste negócio há mais de uma década, ele terá que enfrentar altos e baixos, mas somente os especiais renascem das cinzas para se tornar superstars. Ninguém sabe disso melhor do que Chris Brown. De amor a amor, de amor a ódio e talvez de ódio a amor, Breezy está de volta ao topo, apesar de algumas falhas. Isto é: A Evolução de Chris Brown]

12 de setembro de 2014:
 
Com o álbum X, eu quero permitir às pessoas, que me seguiram nesta aventura desde que eu tinha 15 anos, que vejam o quanto eu cresci musicalmente, mas também como um indivíduo. Tenho 25 anos agora e quero que todos se juntem a mim nesta aventura.
[Há 10 anos, um menino de Virgínia apareceu no palco com grandes esperanças e na sua "bagagem" um grande talento para cantar e dançar.]


22 de fevereiro de 2006 (16 anos - 'Chris Brown'):

Eu tenho sido comparado ao Michael Jackson e eu gosto, mas eu não quero ter essa responsabilidade. Eu quero ser Chris Brown. Mas ser comparado ao Michael é ótimo. Também me comparam ao Usher e eu amo o que ele faz, eu sou um fã. Mas eu quero que as pessoas me conheçam como Chris Brown.


[Em 2005, Chris Brown lança o seu primeiro álbum auto-intitulado que foi disco de platina duas vezes e que tinha imensos hits como 'Run It' e a balada 'Say Goodbye']

O meu álbum ('Chris Brown') fala sobre o amor jovem. Situações enfrentadas por adolescentes a cada dia, coisas de criança, mas também tem músicas para festas. Há também algumas canções maduras mas não ao ponto de serem explícitas, ficam na fronteira. (…) 
Eu nunca pensei que iria ganhar três prémios Billboad, incluindo o de Melhor Artista do Ano. Quer dizer, eu pensei, mas ao mesmo tempo também pensei que não o conseguia. Pensava, eu sou bom, mas não sei o quanto o sou. O facto de conseguir estar entre os melhores é uma benção. Nunca pensei chegar aqui. O meu objetivo é chegar ao nível do Michael Jackson. Toda a gente conhece Michael Jackson.



12 de setembro de 2014: 
 
Naquela altura, eu queria ser como o Michael Jackson, mas à medida que cresci, o meu objetivo mudou: eu só quero criar e ser a melhor pessoa que consigo. Quando eu era jovem, eu estava a fazer a minha música, eu queria que toda a gente soubesse o meu nome, atrair um monte de raparigas, mas agora eu quero deixar a minha marca e ser lembrado como uma lenda, um grande artista nesta indústria, neste mundo. Eu quero continuar a manter o meu público intrigado e satisfeito.
Notei mudanças na minha música e em quem sou, sobretudo mentalmente e na forma como lido com uma situação, com mais tato e classe. No entanto, eu ainda sou aquele rapaz de 16 anos a dançar e a sorrir sem parar. Eu tento manter-me verdadeiro e ser humilde.



11 de outubro de 2008 (18 anos - 'Exclusive'):

[Chris Brown está num ponto de viragem na sua vida e isso vai ter um impacto sobre sua carreira. Ele acabou de fazer 18 anos. O adolescente é agora um homem]

Eu começo a ter um bigode, barba... As pessoas vêem que eu cresci, mas eu mantenho o meu público jovem. Eu ainda sou um adolescente que gradualmente se torna um homem.

[2 anos após o sucesso do seu primeiro álbum, Chris Brown lança o seu novo projeto: 'Exclusive']

Dei o nome ao meu álbum especialmente para os meus fãs. Quando fazes um álbum, ouves sempre a opinião de críticos que acham que não é melhor do que o primeiro. Eu disse a mim mesmo que não ia fazer um álbum para ouvir isso, vou ignorá-los completamente e apenas fazer um álbum para os meus fãs, as pessoas que me apoiaram e me ajudaram a realizar este segundo álbum. Os temas que discuto no 'Exclusive' são mais fortes. Continua a haver músicas que estão dentro do limite da fronteira para os pais, mas também há outras, mas não se preocupem, eu não vou andar a dançar nu no palco.
 
['Exclusive' foi disco de platina duas vezes e nesse mesmo ano, Chris Brown ganhou de novo o prémio Billboard para Artista do Ano provando que ele era a nova estrela]



12 de setembro de 2014: 
 
Naturalmente, eu sou competitivo. Vim de uma terra em que eu tinha que ganhar sempre. Se eu perdesse, eu não ficava triste... mas isso faz-me trabalhar ainda mais. Se eu cair, levanto-me e trabalho 10 vezes mais para ser 10 vezes melhor.

[Em 2009, a reputação de Chris Brown sofreu severamente após o incidente com a sua ex-namorada Rihanna. O terceiro álbum do cantor, 'Graffiti', pagou o preço em termos de vendas e comentários. Muitos pensaram que Chris Brown tinha acabado, mas o cantor descobriu o truque para sobreviver nesta indústria por vezes cruel]
Se algum novo artista me pede um conselho, eu digo-lhe: 'Não sigas os meus conselhos, porque eu vou-te mostrar a maneira errada de o fazeres. Em última análise, eu simplesmente lhes digo para manterem um círculo pequeno. Certificarem-se de que têm em seu redor as pessoas leais que querem que tenhas sucesso, e não as pessoas que o usam para se tornarem famosas. Certificarem-se de que têm uma boa equipa, pessoas inteligentes que pensam no vosso bem. Ao mesmo tempo, não deixem que a fama prevaleça sobre o vosso talento. Por vezes, podes ser muito talentoso, mas a arrogância pode estragar o teu talento e sobrepor-se a ele. Permanecer humilde é a chave e isso vai levar-te muito longe. Sê tu próprio e mantém-te fiel a ti mesmo e à tua música. É tudo o que precisas de fazer.

A música é uma maneira de escapar, quer à realidade, quer a algum problema com que esteja a lidar. A minha vida pessoal e tudo o que enfrento não se compara à minha música. Se estou no estúdio, posso ir sempre a um outro sitio na minha mente, ser criativo e ser capaz de ser absolutamente eu próprio. E isso é mostrado na minha música, qualquer tipo de música. Mostro a minha paixão, a minha dedicação... o meu amor é a música.

[Apesar das suas dificuldades na sua vida privada, Chris Brown nunca virou as costas para a sua música. Em 2011, o seu quarto álbum é lançado e inclui sucessos como 'Look At Me Now', 'Deuces' e 'Yeah 3x'. Até mesmo os críticos tiveram que admitir que o cantor impressionante não perdeu uma batida ou uma dança]
A dança é uma paixão para mim, como a minha música, mas é algo emocional. Eu deixo a música levar-me. É uma questão de sentimento. Eu dou o meu tudo. Eu tento melhorar-me a mim mesmo, coreografar e fazer algo novo e divertido para levar os meus fãs a fazer o mesmo e mantê-los envolvidos.

[F.A.M.E. é o primeiro álbum de Chris Brown a ser nº1 no top Billboard 200, provando a todos que ele tem fãs leais]
Eu tenho os melhores fãs do mundo. Tudo que eu faço, a minha música, os meus vídeos é para os impressionar. Eu quero inspirá-los o tempo todo. Eles apoiaram-me nos momentos difíceis, na minha música, sempre. A sua lealdade é inegável e eu nem tenho palavras para expressar minha gratidão.  
Às vezes eu digo/penso “Eu sou apenas o Chris” e eles apoiam-me de qualquer maneira. Eu posso ver Deus através deles, por assim dizer, e eu estou grato.
[O sucesso de F.A.M.E. deu a Chris Brown o seu primeiro Grammy para Melhor Álbum R&B]

Para a minha música, eu não defino metas, porque eu não quero ficar desapontado. Eu deixo-me levar, especialmente na minha música... O que quer que me faça sentir bem. À medida que cresço, as letras mudam, a minha perceção muda. O que quer que seja, será, deixa acontecer.

[Após o lançamento de F.A.M.E. e, uma vez que continua a enfrentar as dificuldades, Chris Brown volta ao estúdio]
 
Eu não gosto de parar. Quando as pessoas vão ao estúdio e fazem um álbum e depois tiram uns meses porque esse projeto está completo... Comigo não é assim. Eu gosto de manter esse “motor” sempre em movimento porque tu nunca deixas de ser criativo. Por isso quando estou no estúdio, nunca se sabe de onde pode surgir uma música que até podes usar no próximo álbum. Por esse motivo, eu continuo sempre a trabalhar, a tentar escrever algo melhor que o anterior, a tentar fazer as minhas músicas, a ouvir outros artistas na rádio como inspiração e a tentar superar-me a mim mesmo. Isso tudo faz-me sempre procurar maneira de me melhorar como artista, por isso estou sempre no estúdio.


['Fortune' foi lançado em junho de 2012, permitindo ao Chris obter um segundo álbum na primeira posição da Billboard 200, mas falhando a ter o mesmo sucesso comercial que os seus álbuns anteriores. 
Enquanto ele ainda enfrenta uma imagem negativa, Chris estaria prestes a conhecer um novo obstáculo deixando muitos a perguntar-se se o melhor de Chris Brown já era uma coisa do passado]
A grande lição que eu aprendi é que tens que ser humilde. Mantém a tua cabeça nos ombros o tempo todo e nunca tomes nada como garantido. Sê humilde e foca-te. O trabalho compensa. Mas ser humilde vai muito mais além.

[Em março de 2013, Chris Brown foi preso por violar a sua condicional. Enquanto estava preso, histórias acerca da sua queda aumentavam. Mas enquanto o Chris estava lá dentro, a sua música estava a fervilhar cá fora. 'Loyal' com Lil Wayne e Tyga, já vendeu mais de um milhão de cópias e tornou-se um dos maiores hinos de 2014]
Eu nem tinha percebido o potencial dessa canção. Eu amei essa música, então eu disse vamos lançá-la e ver o que acontece.


[Poucos meses após a sua libertação da prisão, Chris Brown lança o seu sexto álbum, X, que celebra os seus 10 anos de carreira. Chris estava de volta]
 
Eu não ficaria satisfeito se isto tudo parasse agora. Para quem vê de fora, eu tenho um grande catálogo completo de músicas, videos. Mas eu acho que há sempre espaço para melhorias. Eu quero ver até onde posso ir. Por isso se tudo acabasse agora, eu iria ficar do tipo “eu não sinto ter feito o que eu queria fazer”. Nunca será suficiente para mim. Estás a ver quando é Domigo à noite e tens escola na Segunda mas queres ficar a divertir-te com os teus amigos e dizes “mais 5 minutos, mais 5 minutos”. Só queres esses 5 minutos. Para mim, é isso. Nunca irei pensar que está completamente acabado, há sempre espaço para me melhorar.


[Quer gostem dele ou o odeiem ou quer estejam algures no meio, estamos todos de acordo num ponto: Chris Brown é um verdadeiro artista. A sua vida não é perfeita, mas o que se mantém constante é a sua capacidade de ser sempre capaz de se recuperar e retomar o seu lugar no topo]

Quando eu for velho e as pessoas falarem de mim, eu quero ser lembrado pelo meu talento, a minha dança, a minha criatividade e música intemporal. Quero ser capaz de ser um génio criativo e um ícone, um dia...



Tradução para português baseada na tradução para francês dos nossos parceiros "Chris Brown France"
 

Vê mais

0 comentários

Flickr Images